5º princípio: Coopavel é eleita a melhor do Brasil em educação e formação

Por Jean Paterno

A Coopavel acaba de ser eleita a melhor cooperativa brasileira no quinto dos sete princípios do cooperativismo pelo Anuário Brasileiro do Cooperativismo, publicação especializada anualmente elaborada pela Mundocoop, uma das revistas mais respeitadas do segmento no País. A cooperativa com sede em Cascavel, no Paraná, é a única do Estado classificada entre as sete vencedoras.

O quinto princípio do cooperativismo trata de educação, formação e informação. A referência que deu o prêmio à Coopavel é a Unicoop, universidade criada no ano 2000 com a proposta de levar mais conhecimentos e de contribuir para elevar a renda e a qualidade de vida dos cooperados. O leque de aperfeiçoamentos oferecido pela Universidade Coopavel é amplo e os resultados alcançados em 18 anos de atuação são os melhores possíveis, diz o presidente da Unicoop, Antonio Augusto Putini.

A missão e o compromisso dos trabalhos da universidade são os mesmos desde o início, voltados a promover transformações no cotidiano dos mais de cinco mil filiados da Coopavel, que em dezembro chegará aos seus 48 anos de fundação. “A sucessão familiar e a criação de novos cooperados também está no foco da Unicoop”, afirma Putini. Além de conhecimentos, entre outros, sobre armazenagem, matemática financeira, mercado, gestão da propriedade e até de informática, há conteúdos específicos também para os filhos e para a mulher do agricultor.

O diretor-presidente do Conselho de Administração da Coopavel, Dilvo Grolli, considera que o reconhecimento alcançado no Anuário Brasileiro do Cooperativismo reflete a determinação da cooperativa de, além de compartilhar informações para que o cooperado e a sua família vivam melhor, levar prosperidade e mais felicidade ao campo. A oferta de cursos, palestras e treinamentos, conforme Dilvo, é uma constante na Unicoop, redundando em melhores resultados para todos. O Paraná tem 70 cooperativas que atuam em 13 ramos e a Coopavel é a única vencedora da edição de 2018/2019 do Anuário Brasileiro do Cooperativismo.

 

Campeãs

Diversas informações e indicadores são considerados para que a MundoCoop defina os vencedores de cada edição do anuário. As vencedoras de 2018/2019, segundo os sete princípios do cooperativismo, são as seguintes: 1 – Adesão livre e voluntária, Coogavepe (Cooperativa de Garimpeiros do Vale do Rio Peixoto); 2 – Gestão, Coopercarga (Cooperativa de Transporte de Cargas de Santa Catarina); 3 – Participação econômica dos membros, Coopeb (Cooperativa Educacional de Barreiras, Bahia).

E mais: 4 – Autonomia e independência, Coplana (Cooperativa Agroindustrial, de Guariba, São Paulo); 5 – Educação, formação e informação, Coopavel; 6 – Intercooperação, Sicoob Credicom, Unimed-BH e Fencom (Federação Nacional das Cooperativas Médicas), 7 – Interesse pela comunidade, Cootama (Cooperativa de Trabalho Multidisciplinar de Desenvolvimento da Amazônia). Os princípios do cooperativismo são pilares que dão sustentação a um movimento social, cultural e econômico hoje presente em 105 países e que tem 1,2 bilhão de cooperados em todo o mundo. O faturamento anual chega a US$ 3 trilhões – R$ 12 trilhões.

Coopavel Banco do Brasil Caixa Governo Federal Bradesco Itaipu Univel